Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Começa a inscrição de blocos para desfiles no Rio em 2019

Compartilhe:
blocos-2

Riotur que concentrar megablocos no Centro e reduzir número de desfiles. Projeto da Arena do Carnaval será retomado para evento de folia em agosto ou setembro.

blocos-1O carnaval de 2019, definitivamente, não vai ser igual àquele que passou. Pelo menos, no que depender do presidente da Riotur, Marcelo Alves, tudo vai ser planejado com antecedência. Para começar, vai ser aberta no dia 2 de maio a inscrição para os blocos que desejam desfilar pelas ruas do Rio, em fevereiro e março do ano que vem.

 

A inscrição na Riotur, que acontecia geralmente outubro, vai ser feita agora com antecedência, segundo Alves, para que a prefeitura possa planejar melhor as ações junto aos órgãos públicos municipais – CET-Rio, Comlurb, Guarda Municipal, entre outros – e patrocinadores e evitar maiores transtornos para a cidade. Para ele, o carnaval precisa de ordenamento para ter qualidade.

 

Os representantes dos blocos terão, a partir do dia 2 de maio, 45 dias para fazer o cadastramento na Riotur, prestando todas as informações necessárias, como público estimado, datas, horários e locais de apresentação. Com cinco meses de antecedência, a Riotur vai confrontar esses com os desfiles de 2018.

 

“Em 2018, teve bloco que declarou 300 mil participantes e desfilou com mais de um milhão de pessoas. Isso implica em problemas, porque os órgãos de apoio são destinados de acordo com o público. Um megabloco precisa de mais policiamento, postos de saúde, mais banheiros químicos e, obviamente, paga taxas mais elevadas. Teve quem declarasse público menor, para driblar as taxas, e comprometeu o trabalho de limpeza e segurança, por exemplo”, justificou Alves.

 

O presidente da Riotur garante que a intenção não é tirar o brilho da festa e diminuir o número de blocos, que em 2018 foi de 474 autorizados. Mas pretende sim, reduzir a quantidade de desfiles, que chegou a 597, entre janeiro e fevereiro. E, principalmente, fazer com que a cidade continue funcionando.

 

“Semana que vem vamos realizar a quarta reunião entre os órgãos públicos e os representantes dos megablocos. E pela primeira vez a Riotur vai ouvir também associações de moradores. Bairros como Copacabana, Leme, Leblon são muito impactados pelos blocos. A Riotur quer ouvir suas queixas e juntos, vamos buscar as soluções”, disse Alves.

blocos-2Na reunião – que Alves espera contar com a presença de representantes de 12 a 15 megablocos, como Cordão da Bola Preta e Bloco da Favorita – será avaliada a proposta da Riotur para que todos desfilem no Centro da cidade. Local com mais estrutura, ruas largas e praticamente nenhuma residência. De acordo com Alves, esses blocos concentram 60% do público do carnaval de rua, que este ano foi de sete milhões de pessoas.

 

“Os blocos muito grandes são os que mais nos preocupam pela estrutura que demandam, mas temos uma proposta para eles. Já os outros blocos menores precisam de ordenamento. Tem blocos que saem três, quatro vezes. Isso impacta muito a vida nos bairros. Estamos conversando para rever isso para que a festa continue sim grandiosa, mas com qualidade”, afirmou o presidente da Riotur.

 

Marcelo Alves, que esta semana esteve em São Paulo em busca de patrocinadores para o evento, disse também que em aproximadamente um mês vai lançar o caderno de encargos para definir a licitação para a Arena do Carnaval. O projeto previsto para o carnaval de 2018 e depois abandonado vai ser retomado, mas como alternativa para um evento no segundo semestre deste ano.

 

“A Arena foi um pedido das Associação Brasileira de Indústria de Hotéis (ABIH) para a realização de eventos na região da Barra, aproveitando o Parque dos Atletas, que está abandonado desde o fim da Olimpíada. Tínhamos blocos e bandas interessados, mas lamentavelmente não pôde se concretizar. Vamos abrir a licitação agora para um carnaval fora de época, provavelmente em agosto ou setembro, para preencher a grade de grandes eventos da cidade e para atrair um público novo”, explicou Alves.

Quanto às escolas de samba, ele garante que já está focado na preparação para os desfiles no Sambódromo desde o fim do carnaval deste ano. Ou seja, já está em busca de patrocínios, que pretende mudar a iluminação e instalar oito telões na Sapucaí.

 

“Já conversamos com o ministro (da Cultura) Sérgio Sá Leitão, que se mostrou interessado no projeto. Com apoio, o projeto vai caminhar. Queremos dar mais estrutura ao público e às escolas”, afirmou Alves, que espera obter patrocínio também para o assegurar o retorno dos ensaios técnicos gratuitos no Sambódromo.

 

 

Fonte: G1 Rio, por Alba Valéria Mendonça

Comida Di Buteco 2018

Comida Di Buteco 2018

Samba na Rede

  • Inicia nesta quartafeira 2 a primeira fase do processo de
  • Nestas quarta e sextafeiras 2 e 4 de maio vai
  • Nasceu s 2h29 do dia 19 de abril a pequena
  • Mangueira teu cenrio  uma beleza Ateno para aquela chamada
  • Parabns Estao Primeira pelos seus 90 anos de existncia e
  • O Museu de Arte do Rio MAR abre ao pblico
  • Nesta sextafeira 26 o Rio de Janeiro comea a se
  • Dona Ivone Lara 19212018 ser homenageada em roda de samba
  • Em 2019 o Rock in Rio ter oEspao Favela atrao

Carnaval na Rede

  • Afesta de entregada 20 edio do Prmio SmbaNet acontece neste
  • A Unidos de Bangu est sob nova direo Thiago Oliveira
  • As agremiaes da Srie A conhecero no dia 5 de
  • Igb Cubango  A alma das coisas e a arte
  • O salvador da ptria  o ttulo do enredo da
  • Igor Leal assume a direo de carnaval do Salgueiro Alexandre
  • A Lierj definiu nesta terafeira 8 aps reunio plenria as
  • O presidente Do Pessoa deixou o cargo de presidente da
  • MP quer que Liesa pague R 1 milho caso haja

Intendente na Rede

  • A diretoria da Feitio do Rio divulgou a marca do
  • A Difcil  o Nome definiu seu enredo para o
  • Irko a rvore do Senhor do Cu  o ttulo
  • Manuscrito 512 Odisseia a cidade perdida Z  o ttulo
  • O desfile de 2019 da Tradio ser comandado por uma
  • Rafael Tinguinha segue no comando do carro de som da
  • Os carnavalescos Ney Jnior e Cristiano Plcido se unem a
  • Dona Marta  superstar no pas onde a carne mais
  • A diretoria da Feitio do Rio lanar oficialmente a sinopse

Curta nossa Fanpage

Nossas Redes Sociais

Doe Sangue

Doe Sangue

Anuncie aqui

Anuncie aqui

Que tal anunciar a sua marca nesse espaço e em todas as páginas internas do nosso site? Entre em contato com a gente e saiba mais: faleconosco@papodesamba.com.br