Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Grupo Especial e seus sambas de enredo para 2018

Compartilhe:
Capa CD Grupo Especial

Direto do Forno, por Marcus do Cavaco* 

Capa CD Grupo Especial

Como não houve decesso de nenhuma agremiação do Grupo Especial no Carnaval 2017, a Marquês de Sapucaí vai receber em 2018, no domingo e na segunda feira do reinado momesco (dias 11 e 12 de fevereiro, respectivamente), 13 agremiações – e vale salientar com o retorno do ‘Reizinho de Madureira’ à elite do carnaval carioca: o Império Serrano, que com um currículo de sambas antológicos de nossa história está de volta ao CD do grupo de elite.

 

A Paraíso do Tuiuti, que acabou beneficiada com a história de não haver escola rebaixada no último carnaval, optou pela encomenda do samba-enredo, prática que vem ganhando corpo a cada ano, principalmente na Série A.

 

 

 

Analisei as obras que serão apresentadas no próximo carnaval e adianto o que vem por aí…

 

Abrindo os desfiles de domingo, o Império Serrano apostou suas fichas numa obra assinada por dez compositores capitaneados por Tico do Gato e que ainda conta com a participação especial de mais duas pessoas. O enredo é sobre a China e vai mostrar as tradições, história, costumes e invenções do país milenar, passando pela sua encantadora economia. O samba faz uma mistura do enredo com a volta “ao seu lugar” do Império, uma grande celebração mas que deixa um pouco a desejar pela tradição de grandes sambas da Verde e Branca da Serrinha.

 

A São Clemente vai cantar o ‘Academicamente Popular’, de Gusttavo Clarão e parceiros. O samba é uma ode à arte neoclássica que trouxe para o carnaval grandes nomes das Belas Artes e que se fizeram, e fazem, presentes nessa ópera popular da Sapucaí. É um samba leve e que vai ganhar mais brilho na passagem da escola.

 

Terceira escola do domingo, a Vila Isabel mais uma vez traz um samba assinado pela dupla André Diniz e Evandro Bocão. O samba da escola do bairro de Noel (agremiação que mais “mexeu” em suas peças para o carnaval 2018), que canta a corrida para o futuro, vai precisar do trabalho da harmonia para entrar na veia do ‘povo do samba’, já contando com todo o afinco de Mestre Chuvisco que assumiu a Swingueira de Noel.

 

Como já havia dito antes, a Tuiuti encomendou seu samba aos compositores Claudio Russo e Moacyr Luz (parceria que também atende a Renascer de Jacarepaguá, na Série A) para transcorrer sobre o enredo ‘Meu Deus, Meu Deus! Está extinta a escravidão’. Um belo samba, defendido por Nino do Milênio, voz da nova geração do samba, de cunho altamente social, mas não de fácil leitura. A comunidade tem que chamar pra si a responsabilidade de fazer um canto forte no desfile.

 

Contando os 100 anos do Velho Guerreiro, a Grande Rio deu vez à prata da casa e escolheu o samba da parceria de Edispuma e Cia. O samba se funde com a alegria contagiante do homenageado e a Tricolor de Caxias deve fazer um belo desfile. E quem sabe… não será desta vez que ela vai pro trono? Emerson Dias vai ter a responsabilidade de conduzir mais uma vez o povo de Caxias… Alô ‘Tenção’!!!

 

A Mangueira será a sexta escola a desfilar e depois de todo o burburinho causado com a divulgação do título do enredo (‘Com dinheiro ou sem dinheiro… Eu brinco’), a Verde e Rosa mais uma vez irá pra Sapucaí com uma obra de Lequinho, Fionda e Cia. O samba é pra não deixar ninguém parado: é pra cima e vai mexer com o mangueirense. A bateria ‘Tem que respeitar o meu tamborim’ não vai ter trabalho para contagiar o público.

 

Última escola a desfilar no domingo, a Mocidade Independente de Padre Miguel (que dividiu o título com a Portela em 2017) sagrou como bi-campeã, a parceria de Altay Veloso, Paulo Cesar Feital e Cia – um dos sambas do carnaval 2018. É certo que o samba possui algumas palavras não muito comuns ao nosso dia a dia e que darão um certo trabalho para a harmonia fazer o povo da Zona Oeste cantar certinho… Mas, ‘Bendita seja a Santíssima Trindade!!!’

 

 

E vamos para a segunda feira…

 

A abertura ficará a cargo da Unidos da Tijuca, que cantará a vida e obra do ator, diretor e dramaturgo Miguel Falabella. A parceria campeã tem como peça-chave ninguém menos que Mart’nália, amiga pessoal e companheira de trabalho do homenageado. É um belo samba e à altura da homenagem e podemos esperar um belo desfile da Azul e Amarelo tijucana. Muito bem cantando pelo intrépido Tinga: “Quando a luz acender, o Céu clarear / O morro descer pra vê-lo brilhar…”

 

A campeoníssima Portela será a segunda escola de segunda-feira. E lá em Madureira, Samir Trindade fincou o pé e arrestou para si o tricampeonato do samba-enredo ‘De repente de lá pra cá e Dirrepente de cá pra lá’. Duas coisas chamam a atenção na obra: interessante o bisar sempre de todo último verso de cada estrofe e o arrasta-povo portelense do refrão de baixo, já visto durante a disputa na quadra… 22 vezes minha estrela lá no céu… Lá vem Portela é melhor se segurar… vixe!!!

 

A União da Ilha do Governador vai cantar todo o tempero da culinária brasileira em ‘brasil bom de Boca’, da parceria Ginho, Marcelão da Ilha e Cia – um samba bem leve e com a cara da Ilha dos áureos tempos de Franco, Didi e outros mais -. Prepara a festa, que Ito Melodia vai incorporar e comandar o banquete, como de praxe, tendo a Ilha como prato principal.

 

O Salgueiro por sua vez apostou suas fichas novamente na parceria de Xande de Pilares e desta vez com a adesão do não menos veterano Demá Chagas, campeão do ‘Explode Coração’. O hino canta a história das ‘Senhoras do ventre do mundo’ e toda a ancestralidade negra que a Academia do Samba traz em sua história: ‘É mãe, é mulher, a mão guardiã…’. O Salgueiro gosta desse tipo de enredo!!!

 

Penúltima escola de segunda feira, a Imperatriz Leopoldinense vai cantar os 200 anos do Museu Nacional. Em Ramos deu a parceria de Jorge Arthur e Cia; um samba tradicional e com toques nostálgico – uma tradição da ala de compositores da Leopoldina. Há alguns anos a ala vem se destacando pelos excelentes sambas apresentados em sua disputa… Brilha a coroa da majestade!!!

 

Fechando os desfiles do Grupo Especial, e particularmente acostumada a isso, a Beija Flor de Nilópolis traz consigo o melhor samba do carnaval 2018. O enredo muito bem escrito, e descrito, será bem representado pelo samba escolhido por sua direção (vale lembrar que a safra de Nilópolis era a melhor de todas, onde uns seis ou sete sambas poderiam representar a escola na Sapucaí). A parceria campeã foi a do Di Menor BF, Diogo Rosa e Cia… os compositores foram muito felizes nos versos: “…Você que não soube cuidar / Você que negou o amor / Vem aprender na Beija Flor!!!” para o enredo que diz: ‘Monstro é aquele que não sabe amar! Os filhos abandonados da Pátria que os pariu’. Já dá pra sentir o que vem por aí… Como diria Neguinho: “Olha a Beija-Flor, aí gente!!”

 

Um fato me chamou a atenção nessas disputas de samba enredo para o carnaval 2018: Tinga ganhou sete das dez escolas em que ele defendeu os sambas (a Tuiuti encomendou e na Tijuca, onde é o intérprete oficial, ele não pode cantar). Perdeu em três, mas mesmo assim: soltou o bicho!!!

 

*Marcus do Cavaco é músico e foi colaborador do Site Papo de Samba, assinando a coluna Direto do Forno, de 2015 a março de 2018.

Deixe seu comentário:

Samba na Rede

  • Arlindo Cruz vai ser vov pela segunda vez! Flora de
  • Da famlia tambm Segue l  carnavalnasapucai carnavalnaintendente carnaval carnaval2019
  • Ainda na carona do aniversrio de nascimento do mestre Cartola
  • O SescTV exibe neste sbado 13 o show indito Estou
  • Muiiito maior! Em tempo hoje dia 810  dia do
  • A gente no podia deixar de registrar por aqui o
  • Na noite desta quintafeira 4 foi realizada a apresentao do

Carnaval na Rede

  • De janeiro a janeiro n mores?  carnaval carnaval2019 samba
  • A Vila Isabel realizar no prximo dia 30 terafeira a
  • Ronaldo Barros  o novo responsvel pelos destaques do Salgueiro
  • Da famlia tambm Segue l  carnavalnaintendente sitepapodesamba carnaval carnaval2019

Intendente na Rede

  • A escola de samba Feitio do Rio conhecer neste domingo
  • Da famlia tambm Segue l  carnavalnasapucai sitepapodesamba carnaval carnaval2019
  • A Tradio alterou o cronograma das eliminatrias de sambaenredo A
  • A Unio do Parque Curicica apresentar os prottipos das fantasias
  • M Sheik Ney do Pagode Branco Tinta Forte Andr Kaballa
  • Robinho Lins Mrcio Oliveira Marcelo Marrom Lus Caxias Marquinho Valrio
  • A Unidos do Jacarezinho realizar a sua final de sambaenredo
  • A Mocidade Unida do Santa Marta recebe neste sbado 6
  • A Lins Imperial realiza neste sbado 6 a partir das

Curta nossa Fanpage

Nossas Redes Sociais

Doe Sangue

Doe Sangue

Anuncie aqui

Anuncie aqui

Que tal anunciar a sua marca nesse espaço e em todas as páginas internas do nosso site? Entre em contato com a gente e saiba mais: faleconosco@papodesamba.com.br